palha. ray ban wayfarer grau

Gratuit
Recevez toutes nos informations et actualités par Email.

Entrez votre adresse email:

Nossos companheiros foram dois estudantes do quinto anno; um delles jánão é deste mundo; o outro pertence á alta magistratura, de que éornamento. Naquelles bons tempos da mocidade, deleitavao a litteratura,e era enthusiasta do Dr. Joaquim Manoel de Macedo que pouco haviapublicara o seu primeiro e gentil romanceA Moreninha.Ainda me recordo das palestras em que o meu companheiro de casa fallavacom abundancias de coração em seu amigo e nas festas campestres doromantico Itaborahy, das quaes o jovem escriptor era o idolo querido.Nenhum dos ouvintes bebia esses pormenores com tamanha avidez como eu,para quem eram elles completamente novos. Com a timidez e o acanhamentode meus treze annos, não me animava á intervir na palestra; escutava áparte; e por isso ainda hoje tenhoas gravadas em minhas reminiscencias,á estas scenas do viver escholastico.Que extranho sentir não despertava em meu coração adolescente a noticiadessas homenagens de admiração e respeito tributados ao joven author daMoreninha! Qual regio diadema valia essa aureola de enthusiasmo ácingir o nome de um escriptor?Não sabia eu então que em meu paiz essa luz, que dizem gloria, e delonge se nos affigura radiante e esplendida, não é sinão o baço lampejode um fogo de palha. ray ban wayfarer grau
Naquelle tempo o commercio dos livros era como ainda hoje artigo deluxo; todavia, apesar de mais baratas, as obras litterarias tinham menorcirculação. Provinha isso da escassez das communicações com a Europa, eda maior raridade de livrarias e gabinetes de leitura.Cada estudante porem, levava comsigo a modesta provisão que juntaradurante as ferias, e cujo uso entrava logo para a communhão escolastica.Assim correspondia S. Paulo ás honras de sede de uma academia,tornandose o centro do movimento litterario.Uma das livrarias, a que maior cabedal trazia á nossa commumbibliotheca, era de Francisco Octaviano, que herdou do pai uma escolhidacollecção das obras dos melhores escriptores da litteratura moderna, aqual o jovem poeta não se descuidava de enriquecer com as ultimaspublicações.Meu companheiro de casa era dos amigos de Octaviano, e estava no direitode usufruir sua opulencia litteraria. ray ban lente transparente Foi assim que um dia vi pelaprimeira vez o volume das obras completas de Balzac, nessa edicção emfolha que os typographos da Belgica vulgarisam por preço modico.As horas que meu companheiro permanecia fóra, passavaas eu com o volumena mão, á reler os titulos de cada romance da collecção; hesitando naescolha daquelle por onde havia de começar. Afinal decidiame por um dosmais pequenos; porem, mal começada a leitura, desistia ante adifficuldade.Tinha eu feito exame de francez á minha chegada em S. Paulo e obtiveraapprovação plena, traduzindo uns trechos do Telemaco e da Henriqueida;mas, ou soubesse eu de outiva a versão que repeti, ou o francez deBalzac não se parecesse em nada com o de Fenelon e Voltaire; o caso éque não conseguia comprehender um periodo de qualquer dos romances dacollecção.Todavia achava eu um prazer singular em percorrer aquellas paginas, epor um ou outro fragmento de idea que podia colher nas phrasesindecifraveis, imaginava os thesouros, que alli estavam defezos á minhaignorancia.Contolhe este pormenor para que veja quão descurado foi o meu ensino defrancez, falta que se deu em geral com toda a minha instrucçãosecundaria, a qual eu tive de refazer na maxima parte, depois deconcluido o meu curso de direito, quando senti a necessidade de crearuma individualidade litteraria. ray ban aviador espelhado
Tendo meu companheiro concluido a leitura de Balzac, á instanciasminhas, passoume o volume, mas constrangido pela opposição de meuparente que receiava dessa diversão.Encerreime com o livro, e prepareime para a lucta. Escolhido o maisbreve dos romances, armeime do diccionario, e tropeçando á cadainstante, buscando significados de palavra em palavra, tornando atrazpara reatar o fio da oração; arquei sem esmorecer com a improba tarefa.Gastei oito dias com a Grenadière; porém um mez depois acabei o volumede Balzac; e no resto do anno li o que então havia de Alexandre Dumas eAlfredo de Vigny, além de muito de Chateaubriand e Victor Hugo.A eschola franceza, que eu então estudava nesses mestres da modernalitteratura, achavame preparado para ella. O molde do romance, qual m’ohavia revelado por mera casualidade aquelle arrojo de criança á teceruma novella com os fios de uma ventura real; fui encontralo fundido coma elegancia e belleza que jamais lhe poderia dar.E ahi está, porque justamente quando a sorte me deparava o modelo áimitar, meu espirito desquitavase dessa, a primeira e a mais cara desuas aspirações, para devaneiar por outras devesas litterarias, ondebrotam flores mais singelas e modestas.

  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »
  • »